Informativo 005 - Método Educacional OBDC

20/04/2017

MÉTODO TEÓRICO-SÓCIO-EDUCACIONAL DE ORDEM BÁSICA DE CONVIVÊNCIA

FOTO: Escola Estadual Professor Waldocke Fricke de Lyra, passou a ser administrada pela Policia Militar do Amazonas e se tornando o 3º Colégio Militar da PM Professor Waldocke de Lyra, o desempenho dos alunos mudou drasticamente. Aumento da frequência dos alunos na escola, redução de ocorrências dentro e fora da sala de aula, brigas no pátio da escola deixaram de ocorrer, além dos banheiros que viviam quebrados, agora estão todos limpos e conservados. (PMAM)

No Ano de 2016, o Instituto Ramires Ltda - CNPJ 19.284.050.0001-76, concluiu o desenvolvimento de um método de disciplina escolar, inspirado na metodologia dos colégios militares do Brasil, inspirado no sucesso da didática adotada na Escola Estadual Professor Waldocke Fricke de Lyra depois que passou a ser administrada pela Polícia Milirar do Estado do Amazonas e nos fundamentos do PROERD - Programa Educacional de Resistência às Drogas da Polícia Militar do Espírito Santo; o Método Ordem Básica de Convivência, contrariando muitos pensadores da educação libertária e anárquica, apresenta uma simples e moderna adaptação da doutrina do ensino militar para implantação em qualquer escola pública ou privada, que queira melhorar os índices de aproveitamento escolar, prejudicados pela desordem e indisciplina de seus alunos. Este método educacional do Instituto Ramires, ficou conhecido como Método OBDC.

Desenvolvido pelo professor pesquisador Anderson Ramires Pestana - Graduado em Direito e Doutor em Ciências Jurídicas e Sociais; o Método OBDC consiste em uma organização especialmente sequenciada de atividades lúdicas, teórias, físicas, psicológicas, emocionais, sociais, pedagógicas, éticas e familiares.

A fórmula em que este método foi organizado, resultou em um padrão comportamental civilizado em alunos da rede pública e privada de ensino, que apresentavam dificuldade de relacionamento intraclasse e interclasse no ambiente escolar.

Não é necessário uma equipe multidisciplinar para aplicar com sucesso o Método OBDC, mas com certeza será necessário um educador com conhecimentos multidisciplinares articulador para que o método funcione.

Uma das principais questões enfrentadas e vencidas com o Método OBDC é a legalidade da aplicação da disciplina escolar, uma vez que este método respeita integralmente os princípios gerais do direito, especialmente o princípio da dignidade da pessoa humana.

A essência do método é a "regra básica de conduta" dos alunos, da turma ou da escola, que deve ser didaticamente denominada "Ordem Básica De Conduta" (OBDC); sua construção deve ser precedida de um diagnóstico amplo, feito pela equipe pedagógica referente ao cenário da escola, turma ou grupo de alunos envolvidos.

A "Ordem Básica de Conduta" (OBDC) é um texto escrito construído pelos próprios atores que participam do programa educacional, com destaque para os alunos, familiares dos alunos, professores, pedagogos e diretores.

Na OBDC deve ser aprovada e só poderá ser modificada pela maioria absoluta dos alunos, ou seja, 3/5 (tres quintos) dos estudantes e amplamente divulgada para toda comunidade.

Antes de ser aprovada, a OBDC deve ser construída pelos próprios estudantes, mas sempre orientados pelos professores e com a participação imprescindível dos familiares dos alunos.

A OBDC deverá contemplar os seguintes assuntos:

  • Objetivo da regra.
  • Motivos que fizeram necessária a criação da regra.
  • Prazo de carência para validade da regra e formas de reforma, ampliação e atualização da regra.
  • Valores que a regra protege.
  • Valorização dos símbolos nacionais e prática da atividade de Ordem Unida com premiação especial para a melhor equipe, turma ou grupo de alunos.
  • Identificação da turma, série, escola ou grupo de alunos submissos à regra.
  • Os Princípios da Equidade, Democracia, Respeito às Autoridades, Organização e Paz Social, Urbanidade, Igualdade, Pacto Social, Ampla Defesa, Contraditório, Sufrágio Universal e Responsabilidade Individual.
  • Definição da hierarquia da sala de aula e da escola.
  • Definição de conduta indesejada.
  • Definição de local e prazo para que os praticantes de conduta indesejada possam estudar, caso sejam considerados por seus pares uma pessoa de comportamento inadequado, mesmo tendo contradito as reclamações e se defendido de todas elas.
  • Definição de recompensas bimestrais (ou de algum outro modo periódicas) para os alunos que se destacarem positivamente na visão de seus pares.
  • Criação de uma ouvidoria confiável no ambiente escolar, para receber, analisar e relatar, em tempo hábil, as demandas passadas pelos alunos, familiares e professores.
  • Com voto secreto sempre, os alunos decidirão os conflitos que surgirem e somente o voto dos alunos poderá modificar a decisão da votação.
  • Propostas de parcerias com entidades públicas municipais, estaduais e federais que possam apoiar de algum modo esta proposta de solução de conflitos.
  • Observações transitórias e observações complementares.

Feito isso, o Método OBDC estará quase pronto para ser implantado, mas para que funcione corretamente, será preciso realizar algumas etapas de implantação, como: uma ampla e irrestrita divulgação no ambiente escolar; a participação das famílias; o envolvimento da equipe, o apoio das autoridades locais e adaptações peculiares e regionais, dependendo do caso.

Destaca-se que para o pleno e eficaz funcionamento do Método OBDC, é muitíssimo importante a capacitação dos professores e funcionários administrativos da escola. No momento da capacitação, algumas adaptações da proposta pedagógica da escola pode ser necessária, especialmente no que se refere a um espaço pedagógico ou uma sala de aula separada, com profissional e recursos pedagógicos adequados para trabalhar os alunos que forem momentaneamente encaminhados para estudos naquele ambiente.

É importante também que os alunos encaminhados para esta sala separada, sejam agrupados e atendidos juntos com alunos do mesmo nível escolar, respeitando sempre as boas práticas pedagógicas e as determinações legais em vigor.

O Método OBDC é uma ferramenta simples e eficaz para resolver o problema da indisciplina escolar. Embora possa ser aplicado para várias faixas etárias e níveis escolares, é entre oito e doze anos, que o método produz os melhores resultados.

As metas a serem alcançadas devem ser definidas pela equipe pedagógica e o prazo para que os resultados aparessam vai depender de caso para caso. Em que pese os posicionamentos contrários, o Professor Ramires sempre destaca que este método que ele criou, pode não ser o ideal para todas as escolas, turmas e grupos de alunos, mas em determinados momentos de determinadas escolas pode ser a melhor alternativa.

Cópias, utilizações, pequenas adaptações e ampliações podem ser feitas ao Método OBDC, desde que sejam dados os devidos créditos ao criador do Método e não mude a sua essência.

O Instituto Ramires se coloca à disposição para capacitar educadores, familiares e alunos que queiram utilizar este métodos em suas escolas, muitos detalhes importantes precisam ser passados e debatidos com a equipe pedagógica interessada para que o método funcione corretamente.

Contato: Edilene Bonella - Graduada em Pedagogia e Mestre em Educação, Gestão e Desenvolvimento - Whatsapp: (27) 995201976 - E-mail: edilene.bonella@hotmail.com.